Domingo, 24 de Outubro de 2021
62 41020134
Saúde PANDEMIA

Pires do Rio vive Lei Seca há uma semana

A decisão foi tomada pela Prefeita Cida Tomazini em função do aumento no número de casos de Covid confirmados e de mortes no município que chegaram a 71 vidas perdidas

29/03/2021 11h27
Por: Rosângela Aguiar
Pires do Rio vive Lei Seca há uma semana

 

Somente nos 26 dias de março, Pires do Rio registrou 303 novos casos e 13 mortes por Covid-19, além do aumento de pessoas internadas com a doença ou em isolamento domiciliar. Esses números levaram a Prefeitura de Pires do Rio endurecer as restrições desde o dia 12 deste mês com fechamento dos serviços não essenciais e agora, no dia 23, diante do desrespeito à proibição de realização de festas e aglomerações, foi decretada a Lei Seca no município. Continua proibida a venda e consumo de bebida alcoólica nos estabelecimentos como bares, restaurantes e afins e em locais públicos ou coletivos.

Esta é mais uma tentativa da Prefeitura de evitar mortes e a contaminação pelo coronavírus que tem atingido cada vez mais um número maior de jovens em todo o país. No dia 1º de março, o município registrou 1728 casos e 58 mortes por covid-19. No dia 26 de março, o número de infectados subiu para 2.031, assim como as das pessoas que não resistiram à complicações causadas pelo coronavírus, aumentando para 71 mortes.

O decreto publicado no dia 23 de março altera o anterior, de Nº 7724/2021, reafirmando a situação de emergência em saúde pública, proibindo a venda e consumo de bebidas alcoólicas no município. No entanto, o novo decreto permite que serviços não essenciais que estavam proibidos de funcionar nos últimos 14 dias, como comércios, prestadores de serviço e profissionais liberais, podem atender apenas no sistema de entrega (delivery), deixando de participar do revezamento 14/14 imposta no decreto anterior. Funcionários e proprietários podem trabalhar, mas apenas internamente nos estabelecimentos.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias