Quarta, 18 de Maio de 2022
62 4000-2115
Cidades PREVIDÊNCIA

Prova de vida de aposentados de Goiás pode ser digital

Ferramenta beneficiará mais de 55 mil aposentados e inativos, que poderão atualizar os dados pela internet

12/05/2022 15h41
Por: Carla Gomes
Prova de vida de aposentados de Goiás pode ser digital

O aposentado que nunca teve dificuldade em fazer a prova de vida que atire a primeira pedra. Antes esse procedimento só poderia ser feito presencialmente, mas a partir de hoje passa a ser de maneira digital. Esse benefício é específico para os aposentados do Estado de Goiás.

 

O recadastramento de servidores estaduais aposentados e inativos pode ser feito pela internet. A novidade foi lançada nesta hoje, 12 de maio, no Auditório Mauro Borges, pelo Governo de Goiás, por meio da Goiás Previdência (Goiasprev) e da Secretaria de Desenvolvimento e Inovação (Sedi), em parceria com o Governo Federal, via plataforma gov.br.

 

Goiás é o segundo Estado brasileiro a ter o serviço por meio digital. Com o aplicativo os segurados não precisarão sair de suas residências para manter seu cadastro em dia. A prova de vida deve ser feita pelo Portal Expresso Goiás.

 

O novo formato da prova de vida obrigatória beneficiará mais de 55 mil aposentados civis e inativos militares. Entre eles, aproximadamente dois mil segurados que residem fora do Estado ou do País.

 

A ferramenta para cadastro das informações foi desenvolvida com a participação das secretarias de Estado de Desenvolvimento e Inovação (Sedi); Administração (Sead); Geral da Governadoria (SGG) e da Casa Civil, junto ao Ministério da Economia. A tecnologia usa a biometria facial de acordo com o banco de dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

 

Fotos: Secom Goiás /  Júnior Guimarães / Divulgação

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias