Domingo, 01 de Agosto de 2021
62 41020134
Cidades Coronavírus

Ainda em situação de calamidade, Pires do Rio afrouxa regras sanitárias e mantém comércio não essencial aberto.

Bares e restaurantes tem horário de funcionamento estendido e consumo de alimentos e bebidas ficam permitidos nas feiras Municipal e da Praça Central. As novas regras valem por 14 dias.

15/04/2021 18h23 Atualizada há 4 meses
Por: Rosângela Aguiar
Ainda em situação de calamidade, Pires do Rio afrouxa regras sanitárias e mantém comércio não essencial aberto.

Apesar de ter nove casos confirmados em apenas um dia, entre 12 e 13 de abril, bem como registrada mais uma morte por Covid-19, e de ainda permanecer na situação de calamidade, a Prefeitura de Pires do Rio afrouxou as regras de funcionamento do comércio e circulação de pessoas no município. O Decreto 7.748 publicado na quarta-feira, dia 14 de abril e tem validade de 14 dias, proibindo o consumo e venda de bebidas alcóolicas entre 23h e 6h em todos os dias da semana e mantendo o sistema delivery para alimentos até às 23h.

 

O novo decreto renova e mantém algumas medidas adotadas no dia 30 de março desse ano. Entre as alterações estão a liberação de mesas e cadeiras com distanciamento de dois metros para consumo de alimentos e bebidas nas feiras, sendo a Municipal aos domingos e a da Praça Central às quartas. Aumenta em uma hora o prazo para funcionamento de bares, restaurantes, lanchonetes e similares com autorização de venda e consumo de bebida alcóolica até às 23h todos os dias da semana. Esses estabelecimentos devem manter ainda a capacidade máxima de 30% e com distanciamento de dois metros entre as mesas. Mas a venda e consumo fica proibida entre 23h e 6h do dia seguinte.

 

A prática de esportes coletivos em quadras, espaços públicos e públicos também estão liberados, mas com a presença de até 30% de pessoas no local. O serviço de tele entrega de alimentos está permitido até às 23h. As aulas presenciais também continuam permitidas com limite de 30% da capacidade. Os eventos públicos ou privados e reuniões com mais de quatro pessoas continuam proibidos, inclusive nas áreas e espaços públicos de condomínios horizontais e verticais.

 

A visita a pacientes internados com diagnóstico de coronavírus, com exceção para acompanhamento de crianças também continuam proibidas, bem como atividades de clubes recreativos e parques aquáticos; cinemas, teatros, casas de espetáculo e congêneres; boates e congêneres; salões de festa e jogos.

 

A fiscalização das atividades econômicas será feito pelo PROCON Municipal com o apoio da Polícia Militar. As denúncias devem ser feitas no Disk Denúncia Covid-19 - (64) 98483-0087.

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias